De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Desporto

Champions de futsal: Sporting bate equipa de Ricardinho

O Sporting, atual detentor da Liga dos Campeões de futsal, venceu por 4-3 os franceses do ACCS, na primeira jornada da fase principal, num encontro em que dominou, mas esteve por duas vezes em desvantagem.

O encontro do grupo 2, que se disputou em Podcetrtek, na Eslovénia, ficou decidido apenas nos últimos 12 minutos, altura em que o ACCS, que não contou com o internacional português Ricardinho, chegou a estar a vencer por 2-1 e 3-2, mas os lisboetas viraram o encontro a seu favor, com Alex Merlim a apontar o golo decisivo.

O início frenético de jogo, com dois golos nos primeiros dois minutos, fazia antever um festival de golos, que não se confirmou.

O também campeão português em título começou melhor, com Erick a rematar forte e colocado para o 1-0, mas, na resposta, o guarda-redes Careca jogou direto para El Mesrar, que empatou.

Os ‘leões’ jogaram sempre em alta rotação, pressionando e mostrando mais competência no ataque organizado, frente ao campeão francês da época passada, que acabou despromovido na ‘secretaria’ ao segundo escalão, e que fez uso da sua força e velocidade para procurar transições e o jogo direto.

O conjunto orientado por Nuno Dias fez na primeira parte um total de 34 remates, 16 deles enquadrados, face aos 11 (quatro enquadrados) dos franceses, criando dificuldades com as subidas do guarda-redes Guitta, mas pecou nas situações de finalização que criou.

O frenesim dos golos estava reservado para os últimos 12 minutos de jogo e começou com o ACCS a virar o encontro, com Toure a se isolar, após passar por Guitta, aos 27 minutos.

Dois minutos depois, uma mão na bola de Lutin na área permitiu a Cavinato converter a o penálti, mas, aos 31, Toure voltou a brilhar, numa jogada individual em que deixou os ‘leões’ a ver jogar para o 3-2.

Sem tempo para descansar, Guitta saiu dos postes para ele mesmo marcar o golo para o Sporting, aos 33 minutos, e, aos 36, é Alex Merlim a inventar um lance de perigo e a rematar forte e colocado para o 4-3 final.

A segunda parte manteve o sentido de jogo, com o domínio dos portugueses, que terminaram com 61 remates (28 enquadrados), a esbarrar na boa organização defensiva contrária ou no guarda-redes. O ACCES, às ordens do espanhol Mullor, terminou com um total de 25 remates (sete enquadrados).

O Sporting joga, na quinta-feira, diante do Atyrau, do Cazaquistão, para a segunda jornada e, no sábado, frente ao ‘anfitrião’ do grupo 2 da fase principal da ‘Champions’, os eslovenos do Dobovec, para a última jornada. Os três primeiros classificados do grupo apuram-se para a fase seguinte.

#portugalpositivo