De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Europa

Bélgica festejou (demais) o regresso às esplanadas

A Polícia de Bruxelas dispersou na madrugada de domingo centenas de pessoas que celebravam o fim do recolher obrigatório e a reabertura das esplanadas numa praça da capital belga sem respeitar as regras de segurança contra a covid-19.

Milhares de cidadãos reuniram-se na tarde de sábado na praça Flagey, em Bruxelas, depois de o coletivo “Le Cri” ter convocado, através da rede social Facebook, uma concentração para comemorar a reabertura das esplanadas que se encontrava encerradas há quase sete meses e o fim do recolher obrigatório que, até sexta-feira, vigorava entre as 22 e as 18 horas.

Embora tenha deixado de ser proibido sair de casa durante esse período, as reuniões na rua, entre a meia-noite e as 5, não podem ultrapassar as três pessoas.

A polícia manteve-se presente no local da concentração desde a tarde de sábado, mas só começou a dispersar a multidão a partir da uma da manhã.

Nessa altura, cerca de 500 pessoas ainda permaneciam na praça, segundo a agência de notícias belga, que especificou que a maioria dos participantes não mantinha uma distância de segurança ou usava máscara.

Noutras cidades belgas o mesmo tipo de situação repetiu-se, tendo levado algumas autarquias a limitarem o período de abertura de bares e restaurantes.