De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Lifestyle

Artistas portuguesas expõem no Canadá

As artistas portuenses Joana BC e Rute Rosas vão ter trabalhos expostos na Bienal Internacional do Linho (BILP) de Portneuf, na província de Quebeque, no Canadá, até 29 de setembro.

“Porque a alma não cresce na obediência, eu vim aqui para alimentar a lua”, de Joana BC, e “Extensões do corpo no tempo, no espaço, no tempo-espaço e no ambiente”, de Rute Rosas, estão em exposição desde sábado passado, numa colaboração com a bienal Contextile, no Moulin de La Chevrotière e na Igreja Saint-Joseph, em Deschambault, na província canadiana.

“Joana BC, com uma abordagem artística espontânea, dirige-se ao meio ambiente, às pessoas, à cultura e à natureza. Ela vai produzir ‘in situ’ colagens que poderão ser, eventualmente, usadas”, lê-se na página oficial da BILP.

Por sua vez, “Rute Rosas interessa-se pela condição humana. Durante a sua participação, vai produzir esculturas como extensões e próteses para os corpos”, pode ler-se no texto.

A edição deste ano da BILP, que começou no dia 16 de junho, tem como tema “Détours et Dérives” (“Desvios e Derivações”, em tradução livre).

“Desviar do caminho estabelecido. Aceitar perder os sinais de referência. Seguir em frente sem conhecer o caminho. Abandonar-se a si próprio. Deixar que as coisas venham na esperança de que tragam a renovação” é o mote deste ano, lê-se no ‘site’.

Os 19 artistas selecionados são convidados “a explorar os desvios e os excessos provocados pelo processo criativo”, em obras que reflitam as tendências mais atuais da arte contemporânea.

Instalações, esculturas e ‘land art’ são apresentadas ao lado de técnicas de produção de vime, bordados, tecelagem ou ‘crochet’.

“A missão do BILP é produzir, a cada dois anos, um evento internacional de artes multidisciplinares que destaque as práticas contemporâneas do linho, quer do ponto de vista técnico, quer conceptual”, lê-se na página oficial.

A Biennale Internationale Du Lin de Portneuf está a decorrer em Dechambault, na província do Quebeque, no Canadá, até ao dia 29 de setembro.