De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

À madrinha

À madrinha:

A vida é mesmo reles

Hoje devia ter ido a Pombeiro

Na confluência com Vila Fria.

Eu hoje devia ir cantar os parabéns

Levar ou comer do bolo que já teria.

Mais foi junto a essa confluência

que tudo alterou.

Tudo mudou.

Se tivesse força

iria ao cemitério.

Mas nem ali,

que lhe balbuciasse umas palavras

Não tinha o retorno das suas maviosas

palavras

que sempre –

– durante toda a vida

me eram tão maternais.

Eu já disse um dia –

– Tão ou mais maternais

que as da nossa mãe! Mas que diabo!

Eu já não sei escrever.

Mas com o marejar dos meus

olhos

Então aí…

Não sei que digo.

Beijinho do “Dom”, madrinha.

Mário Adão Magalhães

2013/12/09