De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Alemanha intensifica restrições aos não vacinados

A chanceler alemã cessante, Angela Merkel, e o chanceler designado, Olaf Scholz, reuniram-se esta quinta-feira com os líderes federais e estaduais e concordaram em novas medidas para conter o aumento de novos casos de coronavírus.

Fruto da reunião, decretou-se que os não vacinadas devem ser impedidos de aceder a quase todo o tipo de estabelecimentos, exceto supermercados e farmácias.

Os líderes federais e estaduais concordaram com o seguinte:

  • – Lojas, restaurantes, museus, cinemas apenas para pessoas vacinadas ou recuperadas
    – Testes adicionais para vacinados
    – Bundestag vota vacinas obrigatórias no início de 2022
    – Discotecas e espaços musicais encerram em áreas onde a taxa de incidência chega a 350
    – Novas medidas entrarão em vigor assim que aprovadas pelos legisladores
    – Um máximo de 15.000 espectadores permitidos nos estádios de futebol
    – As instalações desportivas cobertas terão no máximo 5.000 espectadores
    – Reuniões privadas para não vacinados limitadas a uma família
    – Máscara obrigatória nas escolas