De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Alemanha exige teste covid negativo a quem chegue de Portugal

A Alemanha registou 12.257 infeções e 349 mortes devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, quando o Governo aperta o controlo nas suas fronteiras a países com alta incidência de contágios, incluindo Portugal.

Neste grupo estão, além de Portugal, Albânia, Andorra, Bolívia, Bósnia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Eslovénia, Estados Unidos, Estónia, Irão, Israel, Colômbia, Kosovo, Letónia, Líbano, Lituânia, Macedónia do Norte, México, Montenegro, Panamá, Espanha, República Checa, Sérvia e Territórios Palestinianos.

Segundo dados atualizados na madrugada deste domingo pelo Instituto Robert Koch (RKI), o número de casos positivos desde o anúncio da primeira infeção no país, no final de janeiro de 2020, é de 2.134.936 e o número total de mortes é de 51.870.

O número máximo de infeções foi registado em 18 de dezembro, com 33.777 novas infeções, e o de óbitos, em 14 de janeiro, com 1.244 em 24 horas.

Cerca de 1.807.500 pessoas foram consideradas curadas e o número de casos ativos no país é de cerca de 275.700, segundo o RKI.

Na Alemanha como um todo, a incidência cumulativa nos últimos sete dias é de 111,1 casos por 100.000 habitantes e as novas infeções totalizam 92.427. O pico de incidência na esfera federal havia sido registado em 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes em uma semana.

Desde 26 de dezembro, o número de pessoas que já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 na Alemanha subiu para 1.469.353, enquanto 163.424 pessoas já foram vacinadas pela segunda vez.

A Alemanha apertou os controlos de fronteira a partir deste domingo, após definir na sexta-feira um novo grupo de mais de vinte países considerados de “alta incidência”, incluindo Portugal, para os quais estão contempladas restrições mais severas para a entrada em território alemão.

Viajantes de países com incidência cumulativa de mais de 200 novas infeções por 100.000 habitantes só podem entrar na Alemanha se apresentarem teste PCR negativo realizado na origem até 48 horas antes do voo e devem fazer uma segunda a partir do quinto dia de quarentena.