De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Europa

Alemanha considera Algarve zona verde e prepara desconfinamento

Quem regressa à Alemanha vindo do Algarve já não tem de estar em quarentena. O Instituto Robert Koch anunciou a medida esta sexta-feira.

Contudo, as autoridades alemãs salientam que, por agora, as regras de entrada em Portugal são rígidas, desaconselhando as viagens turísticas desnecessárias de países com uma incidência de 14 dias superior a 150. Ou seja, um desses países é a Alemanha, que, de acordo com as informações mais recentes, tem um valor superior a 327.

Entretanto, as autoridades alemãs estão a preparar o desconfinamento.

Na Baviera o serviço em esplanadas ao ar livre abrirá onde a taxa de incidência de covid-19 for durante 7 dias inferior a 100. As mesmas regras se aplicam para as dormidas de turistas em hotéis, apartamentos de férias e parques de campismo que serão permitidas a partir de 21 de maio. O governo bávaro prometeu detalhes sobre as obrigações de testes para breve, mas a imprensa alemão avança que os testes devem deixar de ser necessários para aqueles que foram vacinados.

Na Baixa Saxónia, a partir da próxima semana, deverão abrir gradualmente em restaurantes e hotéis em municípios com incidência inferior a 100 (estável por cinco dias), mas deverá ser exigido teste, exceto para vacinados e convalescente de covid-19. Os hotéis deverão reabrir, mas inicialmente apenas para viajantes da Baixa Saxónia e com ocupação máxima de 60 por cento.

Na Saxónia, se um distrito tem uma incidência inferior a 100 em cinco dias, os acampamentos e apartamentos de férias devem ter permissão para acomodar. Com uma incidência inferior a 50, hotéis e pensões também estão incluídos. Pelo momento, nenhum distrito está abaixo de 100.

Por seu lado, a Turíngia vai abrir esplanadas, parques de campismo e casas de férias provavelmente na semana que vem.

O governo federal promete regras uniformes para o turismo na Alemanha antes das férias de verão, possivelmente numa conferência de primeiros-ministros.