De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Publireportagens

Afinal o que é investir em ‘forex’?

Investimentos conservadores que há alguns anos rendiam bem hoje não trazem resultados tão expressivos. Esse é um fato inegável e, diante dele, investidores e especuladores buscam várias alternativas.

As opções digitais abriram portas para operações de forex, popularizadas, mas nem sempre explicadas devidamente. Forex significa “foreign exchange” ou, em bom português, mercado de câmbio.

A mecânica do forex é simples e similar a uma aposta, pois trabalha com uma compra baseada em expectativas: se o euro tem perspetiva de se valorizar em relação ao dólar daqui uma semana, por exemplo, o investidor de forex comprará euros hoje e venderá dólares. Se e quando a expectativa for cumprida, o investidor venderá o euro na alta e comprará o dólar na baixa.

Em suma, o forex é sempre operado em pares de moedas e consiste em tentar lucrar com a diferença entre as moedas de dois países. Ressalte-se aqui a palavra tentar.

Prós e contras do forex

As operações de forex trazem alguns riscos e também boas oportunidades. Em alguns tópicos, é possível resumir por que motivos tentar lucrar com o mercado cambial exige preparo, conhecimento e cautela de marinheiros de primeira viagem no mercado financeiro.

Prós

Alta liquidez – Cerca de 5,3 triliões de dólares circulam pelo mercado cambial mundial diariamente. É um mundo de oportunidades em comparação com outros tipos de investimentos mais “frios”

Operação remota – Todas transações cambiais podem ser feitas do conforto do lar, por meio de um programa descarregado da internet.

Funcionamento em tempo integral – O mercado cambial é mais dinâmico até mesmo que o de ações: funciona 24 horas por dia, durante os dias de semana.

Corretagem baixa – As margens cobradas por corretoras financeiras em operações cambiais geralmente são inferiores às de outros tipos de ativos, como ações.

Contras

Alta volatilidade – Eventos políticos, financeiros e de outras naturezas causam grandes oscilações súbitas diárias no apreçamento de moedas: isso pode ampliar o ganho ou pulverizá-lo em segundos.

Competição – Os principais operadores cambiais do mundo são bancos gigantescos munidos de tecnologia financeira de ponta. Não à toa, eles são apelidados “tubarões”, e os pequenos investidores ou especuladores “sardinhas”.

Rapidez – A velocidade das oscilações é enorme. Frequentemente, operadores cambiais aprendem a automatizar alguns processos para dar conta da movimentação das moedas sem perder dinheiro.

Preparação para operar

A alavancagem é algo bastante particular do forex e é um ónus e um bónus. É possível controlar mais dinheiro no mercado do que se tem na conta ao operar alavancado. Por exemplo: uma alavancagem na razão de 20:1 permite controlar 20 dólares para cada 1 dólar que se tenha na conta. Isso pode render ganhos 20 vezes maiores ou perdas 20 vezes maiores.

A coisa mais importante de se ter em mente antes de experimentar o mercado cambial é que apenas dinheiro que não fará falta deve ser investido dessa maneira. Graças à alavancagem, um operador prudente pode ganhar bastante dinheiro investindo pouco.

Hoje, analistas importantes têm a perspetiva de que acontecerão mudanças drásticas no comportamento do dólar e em seu papel de padrão cambial mundial. Portanto, alguma compreensão sobre as movimentações na economia pode resultar em bons negócios cambiais nos próximos meses.

Um operador com noções de análise técnica e de análise fundamentalista pode começar a experimentar o mercado cambial. Expectativas realistas e disposição de entender as movimentações financeiras podem render bons negócios em tempos de bonança ou de crise.