De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Yo La Tengo e Anna Calvi: o melhor indie em Lisboa e Porto

O artista inglesa Anna Calvi e os norte-americanos Yo La Tengo vão apresentar novos álbuns em Lisboa e Porto. Ambos representam a melhor música independente da atualidade.

Calvi acaba de lançar o aguardado novo álbum “Hunter” e dois vídeos realizados por Matt Lambert, um para a música “As a Man” e outro para o tema que dá nome ao álbum. O disco serve de mote à digressão mundial que traz Anna Calvi a Portugal em outubro, com concertos a 19 e 20, no Porto (Hard Club) e  Lisboa (Capitólio), respetivamente.

Considerados uma instituição do indie, os Yo La Tengo estão de regresso com um novo álbum de originais e uma nova digressão mundial que inclui duas datas em Portugal, em 2019: a 6 de fevereiro actuam em Lisboa, no Capitólio, e no dia seguinte sobem ao Porto, para um concerto no Hard Club. Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais.

“There’s a Riot Going On”, o 15º álbum dos Yo La Tengo, editado este ano, foi recebido com grande entusiasmo nos dois lados do atlântico pela crítica especializada. Gravado e produzido pelos próprios elementos da banda, no seu estúdio, sucede a “Stuff Like That” último disco editado em 2015 e propõe ao público uma abordagem atípica sobre o desespero e ira vividos na actualidade, numa expressão de liberdade, sanidade e expansão emocional – uma declaração de humanidade comum.

Os Yo La Tengo de Ira Kaplan (guitarra, piano e voz), Georgia Hubley (bateria, piano e voz) e James McNew (baixo e voz) vivem à margem do mainstream desde a sua formação em 1984, imunes a modas, correntes e tendências, o que explica, muito provavelmente, a sua longevidade e o culto que fãs e crítica musical lhes devotam há três décadas.