De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Venezuela: Banco de portugueses premiado

O Banco Plaza, propriedade de portugueses radicados na Venezuela, foi distinguido pela publicação “Global Banking & Finance Review” como o banco privado de mais rápido crescimento naquele país no ano passado.

Fonte da direção do banco explicou à agência Lusa que o prémio “Fastest Growing Private Bank Venezuela 2017”, outorgado em Londres, Inglaterra, se destina “às melhores instituições financeiras a nível mundial, que conseguiram criar estratégias inovadoras que permitem obter um importante crescimento e um bom desempenho na administração da gestão financeira e de riscos”.

Segundo Wanda Rich, editora da “Global Banking & Finance Review”, o Banco Plaza “demonstrou um forte compromisso na banca privada da Venezuela, ao expandir a sua presença física e digital no mercado [local], introduzindo novos e inovadores produtos e serviços, o que lhe tem permitido aumentar a base de clientes, reforçando o seu posicionamento no mercado”.

Num comunicado divulgado hoje em Caracas pelo Banco Plaza, Wanda Rich sublinha que “o plano estratégico, estrutura organizacional e a sua força na gestão de riscos tem contribuído para ter um funcionamento excecional, que lhe permitiu ser um claro ganhador (ter sucesso)”.

“Esperamos ver uma importante expansão, nos próximos anos, no mercado de créditos”, sublinha.

Fundado a 9 de março de 1989, por empresários naturais da Madeira, como banco comercial, em novembro de 2012 foi autorizado pela Superintendência de Bancos e Outras Instituições Financeiras (Sudeban), a funcionar como “banco universal”.

O Banco Plaza conta com 40 agências e escritórios em território venezuelano.

Segundo a revista venezuelana Banca & Negócios, o Banco Plaza terminou 2017 como o terceiro banco venezuelano, com “maior rentabilidade sobre o património, mostrando um índice de 220,5%”.