De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Universidade indemniza aluno português ilibado de abuso sexual

Francisco Sousa, jovem do Porto que estudava na Universidade Estadual de San Diego foi a uma festa, , em Dezembro de 2014, numa residência perto do campus e acabou acusado de abuso sexual.

Uma estudante alegou que foi fechada na casa-de-banho e que o jovem português a forçou a sexo oral.

Francisco Sousa negou, mas acabou identificado pela polícia da universidade e detido, sendo mesmo filmado por uma televisão à saída da cadeia, no dia seguinte.

Imediatamente suspenso pela faculdade, que deu a conhecer o caso e o seu nome num email enviado a todos os alunos, acabou por ser ilibado em 2015, com a Justiça americana a entender que não havia, afinal, fundamentos para o acusar.