De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Portugal

Recorde de calor em oito pontos de Portugal

Oito locais do continente bateram esta quinta-feira recordes de temperatura máxima, segundo os valores registados pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Num dia de intenso calor, máximos históricos foram registados no centro e sul do país, segundo fonte do IPMA, que explicou que o registo foi feito às 17h00 e que depois disso podem ter sido batidos outros recordes, pelo que a informação pode vir a ser corrigida.

Esta quinta-feira, foram registados máximos históricos nas estações de Castelo Branco (42,2 graus celsius), Odemira (41,9), Nelas (41,3), Anadia (43,8), Coruche (44,9), Setúbal (42,6), Alvalade (43,8) e Zambujeira do Mar (41,1).

Num dia em que as temperaturas foram superiores a 30 graus em praticamente todo o território (exceções para estações no litoral oeste), o maior valor da temperatura do ar às 17h00 foi registado em Alvega (distrito de Santarém), com 45,2 graus.

Segundo um comunicado do IPMA, além de Alvega, foram registados valores da temperatura iguais ou superiores a 44 graus em Coruche (44,9), Amareleja (44,7), Tomar (44,4), Mora (44,4), Reguengos (44,4), Santarém (44,1) e Pegões (44).

No comunicado o IPMA lembra que até segunda-feira a temperatura máxima do ar, em grande parte do território continental, irá registar valores da ordem de 40°C, e que até sábado será o “período mais crítico”, com vários locais do Alentejo, vales dos rios Douro e Tejo e na Beira Baixa a poderem registar temperaturas máximas de 45 graus celsius ou mais.

Contactado pela Lusa o meteorologista Bruno Café disse que também os valores das temperaturas mínimas serão muito elevados, variando entre os 20 e os 25 graus, e minimizou o efeito da poeira no ar numa eventual descida da temperatura, que hoje pode ter sido atenuada nalguns locais pela entrada de brisa marítima.

O IPMA diz que a atual situação pode ser comparável à situação meteorológica de agosto de 2003, quando também se registaram valores muito elevados da temperatura mínima e da temperatura máxima, “fixando-se um novo máximo absoluto relativo à temperatura máxima, com 47,3°C, na Amareleja no dia 1 de agosto”.

O Instituto refere também que a partir de domingo a temperatura deverá registar uma descida nas regiões do litoral e, nos dias seguintes no restante território, “mas mantendo valores da ordem de 30-35 °C em muitos locais no final da próxima semana”.