De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Mundo

Pilotos zangaram-se e deixaram o avião em piloto automático

Uma companhia aérea indiana vai manter dois pilotos em terra, como medida punitiva, depois de se terem envolvido num confronto durante um voo entre Londres e Mumbai, no dia de ano novo. Os dois terão mesmo deixado o cockpit vazio durante parte da viagem.

A Jet Airways está a investigar queixas sobre a alegada agressão de um piloto a uma colega, durante uma discussão, quando o avião estava no ar, com 324 passageiros a bordo.

Segundo o “The Guardian”, a mulher abandonou o cockpit em lágrimas. A certa altura, o piloto também deixou a cabine, ficando o avião em piloto automático.

“Ocorreu um desentendimento entre a tripulação de cabine. No entanto, a mesma foi resolvida rapidamente e de forma amigável e o voo prosseguiu para Mumbai, aterrando de forma segura”, afirmaram os responsáveis da Jet Airways.