De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Desporto

Estoril-Porto interrompido por problema na bancada

O encontro entre Estoril e FC Porto foi suspenso ao intervalo, esta segunda-feira, devido a um problema numa bancada, numa altura em que os estorilistasvencem 1-0, no jogo de encerramento da 18.ª jornada da I Liga de futebol.

O jogo, entre o lanterna-vermelha do campeonato e os ‘azuis e brancos’, que precisam de vencer para voltar a isolar-se na liderança, depois da vitória de domingo do Sporting na receção ao Desportivo das Aves (3-0), foi interrompido depois de adeptos dos ‘dragões’ terem entrado no relvado devido a um problema estrutural numa das bancadas.

A bancada norte do estádio António Coimbra da Mota, construída em 2014/15 para as competições europeias, terá, nos setores J e K, apresentado condições deficitárias na estrutura em cimento, motivo pelo qual os cerca de dois mil adeptos se viram obrigados a descer até ao relvado. Esta situação obrigou ao adiamento da segunda parte para data ainda a determinar.

Numa altura em que o jogo já estava em intervalo, os adeptos do FC Porto começaram a saltar para o relvado, devidamente orientados pelas forças de segurança, aparentemente por problemas numa das bancadas do estádio António Coimbra da Mota, no Estoril, devido a problemas estruturais.

Ao intervalo, o Estoril vencia por 1-0, com um golo de Eduardo, apontado aos 17 minutos, num livre direto lateral que ‘traiu’ José Sá.

Durante o primeiro tempo, ambas as equipas dispuseram de ocasiões para marcar, com o FC Porto a assumir as despesas do encontro depois de ficar em desvantagem. A melhor ocasião de golo surgiu aos 45+1, mas embateu na barra, num cabeceamento do mexicano Reyes.

A equipa de Sérgio Conceição está obrigada a vencer para não perder a liderança da I Liga e para não averbar a primeira derrota da época. Aguarda-se agora por uma decisão da Liga para o reagendamento da segunda parte, após acordo entre o Estoril e o FC Porto.

Antes, em duelo de ‘aflitos’ em Moreira de Cónegos, o Moreirense e o Vitória de Setúbal empataram (2-2).

Os setubalenses, que não vencem há quase três meses para o campeonato, marcaram primeiro, num ‘bis’ de João Amaral, aos sete e 25 minutos.

Os visitantes limitaram-se a gerir a vantagem conseguida na primeira meia hora de jogo e os minhotos ganharam alento, conseguindo reduzir aos 38, por Alfa Semedo.

O golo do empate chegou a um minuto do fim, com o defesa-central André Micael a rematar para o fundo das redes, após um livre de Sagna.

O resultado deixou o Moreirense no 14.º lugar, com 15 pontos, enquanto o Vitória de Setúbal é penúltimo, com 13, sem que nenhuma das equipas tenham conseguido afastar-se do fundo da tabela.