De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Opinião

Deus

Deus quer embargar a minha existência
(ou inexistência, não sei bem) –
mas isso é poeticamente ifinanciável

alguém explique esta obviedade
a esse hilariante megalómano

dm