De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Lifestyle

Cinco coproduções portuguesas marcam presença no festival de cinema de Melbourne

Cinco filmes de coprodução portuguesa vão ser exibidos, a partir desta quinta-feira, no Festival Internacional de Cinema de Melbourne, na Austrália, que decorre até 19 de agosto.

Na programação do festival encontra-se “Diamantino”, de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, “Djon África”, de João Miller e Filipa Reis, “O Homem que Matou D. Quixote”, de Terry Gilliam, que surge como um dos “cabeças de cartaz”, “Milla”, de Valerie Massadian, e “Zama”, de Lucrecia Martel.

O festival, que tem apresentado vários filmes portugueses, de João Pedro Rodrigues a Margarida Cardoso, existe desde 1952 e propõe-se levar aos cinéfilos “a história do mundo através de experiências cinematográficas inesquecíveis”.

Na programação do evento surgem também obras como “O livro de imagem”, de Jean-Luc Godard, “Infinite Football”, de Corneliu Porumboiu, “The king”, de Eugene Jarecki, “Birds of Passage”, de Ciro Guerra e Cristina Gallego, ou “You were never really here”, de Lynne Ramsay.