De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Colunistas

O centro da questão

O que o CDS tem de melhor é Adriano Moreira, o velho senador que eu já designo assim há muitos anos sem saber que o partido também o designa assim.

Aliás, eu até pensava que o partido não o considerava amigo.
Portugal ganhava imenso se tivesse mais homens assim, escorreitos, lúcidos e livres.
No congresso que hoje termina, Assunção Cristas, a madrinha-mor das novas designações, deu-se aos prazeres de algumas alucinações. Quer ser primeira-ministra, e eu quero ser Presidente da República.
Quero ser o dono disto tudo.
A jovem e dinâmica líder do CDS tem agora um novo conceito: esquerdas encostadas.
Já tínhamos as esquerdas unidas, num conceito que a senhora Cristas vê agora com bons olhos.
– Bem prega Frei Tomás.
É oportuno propagandear novos conceitos. Assunção tem aproveitado de um dirigente do seu partido ter uma condição sexual diferente, e no congresso levou-o ao limite.
Sidederada por lideradar a oposição e pelo PSD – o partido amigo – ter perdido as autárquicas em Lisboa, permite-se sonhar. O sonho comanda a vida. Muito bem.
Todo o país se vê representado no CDS, diz a jovem senhora.
Mário Adão Magalhães, 018/03/11