De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Caixa Geral do Luxemburgo fecha 21 anos depois

“Um banco do Estado, com empregados fieis, leais e que o tornaram próspero decidiu encerrar a sua atividade no Luxemburgo 21 anos depois de ter começado a sua atividade”, pode ler-se num comunicado de imprensa conjunto das centrais sindicais ALEBA, LCGB e OGBL.

A frente sindical diz-se “revoltada” e chama a atenção para o facto de na sequência de 10 dias de negociações, a proposta apresentada pelos responsáveis em Lisboa mostrar “falta de respeito pelos empregados que vão perder os empregos e ficar em situações financeiras difíceis”.

Segundo os sindicatos a proposta feita pela Caixa Geral de Depósitos está claramente abaixo “daquilo que é praticado habitualmente em situação semelhantes”, detalhando que a proposta representa um quarto da média das compensações do setor bancário luxemburguês.

O comunicados das centrais sindicais resume a situação numa frase: “tornar reféns os empregados é mais do que uma vergonha!”.