De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Comunidades

Banda desenhada portuguesa em exposição em Bruxelas

A banda desenhada contemporânea portuguesa, com obras de 22 autores, vai estar em exposição no Festival de Banda Desenhada de Bruxelas, que começa esta sexta-feira.

A exposição é coorganizada pela Bedeteca de Beja, com o Instituto Camões e a embaixada de Portugal em Bruxelas, e pretende mostrar a banda desenhada que se está a fazer neste momento em Portugal, com trabalhos de sensibilidades e registos distintos, de desenhadores e argumentistas como Joana Afonso, António Jorge Gonçalves, Marta Teives, Dinis Conefrey, Ricardo Cabral, Sofia Neto e Francisco Sousa Lobo.

“É uma visão necessariamente estreita, já que representa uma pequena parte do movimento artístico português nesta área. (…) Ainda assim é uma visão que demonstra bem o ecletismo e vitalidade da nossa BD”, afirmou Paulo Monteiro, diretor do festival de BD de Beja, nas redes sociais.

Miguel Rocha, André Oliveira, Fernando Relvas – recentemente falecido -, Jorge Coelho, Maria João Worm, Osvaldo Medina e Mosi e Sónia Oliveira são outros nomes que integram a exposição.

A nona edição do Festival de Banda Desenhada de Bruxelas – cidade visualmente marcada pela Nona Arte – decorrerá até domingo com exposições, encontros com autores, apresentação de livros e uma parada de insufláveis gigantes.

Anualmente, o festival conta com mais de 250 autores e cerca de 100 mil visitantes.