De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Opinião

As águas ao espelho

Metálica de aspecto, direita

de estática perfeita,

miragem da salsugem,

mexe-se como se vivesse,

como se respirasse e multiplicasse

o céu.

 

As ondas são rugas que se movem,

correntes, artérias do mar,

as nuvens encrespadas

invejam o firmamento,

envaidecem-se das torrentes a seus pés

mas acabam sempre por apaixonar-se outra vez.

Resta-nos o voo impávido e sem empenho

sobre esse insondável império.

 

JLC140705

(escrito no céu, a 10.000 metros de altitude, Golfo da Biscaia)