De que está à procura ?

Lisboa
Porto
Faro
Publireportagens

Antarte lança mobiliário de madeira de oliveira

A oliveira passa, a partir de agora, a integrar as matérias-primas utilizadas pela Antarte na produção de mobiliário e peças de decoração, uma novidade que assenta no princípio da sustentabilidade ambiental. A marca portuguesa, com sede em Rebordosa, é a primeira a utilizar a madeira de oliveira – raiz, troncos e ramos – para acabamento e detalhes em peças de mobiliário, uma aposta que continua a sublinhar a elegância e o conforto característicos do portefólio da empresa.

Disponível em toda a rede de lojas Antarte, este novo conceito é transversal a qualquer tipo de peças de mobiliário – halls, sala de jantar, sala de estar e quartos –, numa combinação única e exclusiva que valoriza o design final das peças. Aplicada de forma maciça ou em folheado, a madeira de oliveira acrescenta um toque de originalidade e versatilidade às sugestões de mobiliário, sublinhando a singularidade de uma árvore com peso histórico e simbólico na vida dos portugueses. A Antarte tira partido da excepcional beleza do veio da madeira de oliveira, que confere um acabamento elegante e clássico, e utiliza a raiz, troncos e ramos das árvores para emprestar um tom ecológico, clean e natural aos ambientes de casa.

A ideia de reciclar ou reutilizar a madeira de oliveira em peças de mobiliário surgiu com o desafio da Olive Residence and Suites, um empreendimento turístico que abriu recentemente no Crato dedicado à oliveira. Pela primeira vez na sua história, a Antarte concebeu um projeto assente na utilização de madeira de oliveira, numa clara aposta na reciclagem de matéria-prima disponível na herdade onde se localiza a unidade hoteleira. A marca concebeu todo o projeto de decoração, quer da casa principal, quer das suites externas, tendo para o efeito desenvolvido uma linha de mobiliário exclusiva para esta unidade de alojamento.

A Oliveira está presente em toda a linha de mobiliário (quartos e áreas sociais), assim como em elementos decorativos que conferem um toque de charme e elegância a todo o espaço.  A partir daqui, a Antarte decidiu apostar neste tipo de matéria-prima, numa perspetiva de, por um lado, homenagear uma árvore com um peso histórico e tradicional na cultura portuguesa e, por outro, de cumprir a sua missão de responsabilidade ambiental, reutilizando árvores que são abatidas na renovação e replante dos extensos olivais nacionais.