De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Comunidades

Uma enfermeira portuguesa no Reino Unido

Chama-se Ana Rita Santos, tem 28 anos e escolheu o hospital e o serviço onde trabalha. Foi sempre assim desde que chegou ao Reino Unido, onde vive desde 2013.

O portal Sapo esteve à conversa com esta portuguesa que garante não estar de costas voltadas para Portugal que diz ter deixado “porque quis melhores condições de trabalho. Na verdade, naquela altura, em plena crise, também não havia muitas opções em Portugal. Esta situação aliada ao desejo de embarcar numa aventura nova, numa das cidades mais vibrantes do mundo, levou-me a tomar esta decisão”.

Chegar a Londres e adaptar-se foi “perturbador”, mas Ana Rita Santos diz ter tido “a sorte de ter sempre o meu namorado ao meu lado ao longo do caminho. Também o facto de Londres estar a duas horas do Porto com voos low cost, a toda a hora, permitiu-me vir a casa praticamente todos os meses durante o primeiro ano”.

“A progressão na carreira e as oportunidades de trabalho nas mais diferentes áreas no Reino Unido são fascinantes”, considera Ana Rita Santos que considera que “existe falta de enfermeiros mas, ao contrário de Portugal, também existe financiamento, o que nos permite praticamente escolher para a área onde queremos trabalhar. Nestes quase 5 anos, já trabalhei em cuidados agudos, no bloco operatório e estou agora a liderar a equipa da consulta de anestesia. Isto porque o meu objetivo é absorver o máximo de conhecimento nas mais diferentes áreas para um dia levar comigo para Portugal. É óbvio que também não posso deixar de mencionar o facto de trabalhar ao lado de pessoas dos quatro cantos do mundo e do quanto isso me completa enquanto pessoa e profissional”.