De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

Trump e Kim

A Coreia do Norte não é uma democracia, é uma ditadura férrea, onde cada cidadão é vigiado a cada momento e em qualquer momento pode aniquilado, para além, e como é óbvio estar todo um povo a sofrer uma constante lavagem ao cérebro.

Há um livro de José Luís Peixoto intitulado “Dentro do Segredo” e que relata a sua viagem à Coreia do Norte e que merece ser lido para quem tenha dúvidas.

A Coreia do Norte é um dos piores países do mundo para se viver, e a Coreia do Sul e os Estados Unidos estão a anos-luz adiantado no que se refere a direitos humanos e condições de vida.

Num momento em que o Kim depois de uma manifestação de força para depois aliviar a tensão, criando até as circunstâncias necessárias para um diálogo e eventualmente um rumo, os EUA e a Coreia do Sul resolvem fazer exercícios militares junto à costa norte coreana depois de Kim dizer ao mundo que ia destruir o seu arsenal nuclear.

A diplomacia mais do que uma técnica, poderá ser eventualmente a arte a a manifestação da retórica, que tenta gerir conflitos e interesses e neste caso falhou tudo, como é possível?

Claro que a partir daqui podemos desenvolver teorias da conspiração: e tendo sido Trump eleito com bastante financiamento da indústria de armamento, uma guerra contra e a Coreia e outra contra o Irão, irá certamente incrementar os lucros dos seus apoiantes. Além de mais, uma guerra contra o Irão irá fazer disparar os preços do barril de crude, e todos sabemos que as petrolíferas americanas estão do lado do Trump.

Quero acreditar e desejar, e a bem do mundo, que Kim e Trump se reúnam e se casem e sejam felizes para sempre e tenham muitos meninos.