De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Motores

Toyota “espanta” Las Vegas com Concept-i

A Toyota monopolizou por completo o CES, a maior feira de electrónica do Mundo que se realiza em Las Vegas, ao surpreender com o futurista Concept-i.

Produto do trabalho e da muita imaginação do seu Centro de Design CALTY, na Califórnia e recorrendo a muito do que vem sendo desenvolvido no Centro de Inovação da Toyota, em São Francisco, este é um protótipo que antecipa o que poderemos ter nos nossos carros dentro de menos de uma década.

Condução autónoma, claro, mas também um interior extremamente simples e “despido” de ecrãs e informação supérflua. Porque, basicamente, o carro tem a capacidade de comunicar com o condutor e demais ocupantes através da luz, som e até mesmo do toque.
Neste protótipo a Toyota pretende proporcionar uma experiência imersiva e energética, recorrendo ao sistema de inteligência artificial embarcado no Concept-i que a marca nipónica denomina de “Yui”.

Assim, este carro tem a capacidade de, progressivamente, ir aprendendo o tipo de condução praticado pelo proprietário, os seus horários, os pontos em que costuma parar e até mesmo medir as suas emoções. Depois, quando passa ao modo de condução autónomo, consegue adaptar-se de forma a proporcionar uma experiência ao condutor semelhante à que este teria se estivesse aos comandos, além de garantir um grau superior de segurança.

Através da sua inteligência artificial, o Concept-i pretende criar uma ligação emocional com o condutor e outros ocupantes. Começando por os saudar, seja com uma mensagem escrita na lateral ou até com um piscar de olho de um dos faróis.

A qualquer momento a coloração exterior do Concept-i permite saber se está a ser operado manualmente ou em modo autónomo, enquanto os seus sistemas vigiam permanentemente o grau de atenção do condutor e as condições da estrada. Em caso de necessidade, o próprio carro aumenta o apoio dos sistemas autónomos para aumentar a segurança.

No “tablier” foram evitados os ecrãs, usando-se luzes coloridas nos espaços para os pés como forma de comunicar o modo em que o carro está (autónomo ou manual). Há um “head up display” mais evoluído para que o condutor nunca tenha de tirar os olhos da estrada e, na traseira do Concept-i, podem aparecer mensagens que vão avisando os outros utilizadores da estrada.

Com uma abordagem nova e refrescante, em que a muita tecnologia embarcada significa menos “gadgets” visíveis e desviantes da atenção, este Toyota Concept-i é, de facto, uma fantástica proposta de carro do futuro.

Não a curto prazo mas também já não faltará assim tanto!