De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

Testemunhos reais: Carla Costa, consultora de marketing e comunicação

O que é para ti o Sucesso?

Durante 16 anos, percecionei o conceito de sucesso com uma visão diferente daquela que tenho agora. Alguns acontecimentos da minha história pessoal e a proximidade dos 40 anos foram decisivos na minha mudança de perspetiva. No passado, o sucesso estava relacionado com a existência de desafios que me estimulassem e fizessem evoluir, no sentido de me tornar numa profissional de comunicação mais competente, conhecedora e versátil. Embora o fator monetário nunca tenha sido a minha principal motivação, esta visão do sucesso remetia claramente para uma estabilidade profissional e financeira que me permitisse concretizar objetivos pessoais como viajar e ter uma vida pessoal ativa e dinâmica. Através do meu empenho, brio profissional e da paixão que imprimi em cada projeto, consegui alcançar aquilo que idealizei. Fiz um percurso de 16 anos ligado ao setor da aviação, onde desempenhei funções em diversas áreas: Comunicação Empresarial, Relações Públicas, Organização de Eventos, Marketing e Gestão de Vendas. O auge deste caminho, aconteceu entre 2011 e 2016. Durante este período, fui colaboradora de uma marca premium, uma multinacional canadiana, referência mundial na área da simulação aérea e no treino inicial de pilotos de linha aérea. Esta oportunidade permitiu-me trabalhar num ambiente multicultural, viver quase 2 anos em Oxford, no Reino Unido e ter acesso a uma promoção que me desafiou como nenhuma outra função me havia desafiado até então. Enquanto Regional Sales Manager responsável pelo mercado B2B da Europa, África e Médio Oriente tive a oportunidade de desenvolver as minhas competências de negociação e liderança e compreender o valor e o poder das minhas soft skills. Capacidade de comunicar, cordialidade, diplomacia, assertividade, escuta ativa, empatia e rapport. Estes foram e continuam a ser os meus maiores superpoderes. A minha carteira de clientes incluía companhias aéreas de prestígio como a Emirates, a British Airways e a Turkish Airlines.
Em maio de 2016, tudo mudou. A partida repentina do meu pai devido a uma doença terminal fez com que eu precisasse de parar e refletir sobre a minha vida. Compreendi que na minha vida “bem-sucedida” faltava algo fundamental: alinhamento e propósito. Após um processo de introspeção, ficou claro que havia um conflito de valores pessoais e profissionais e, que para mim, era importante cumprir o propósito de promover a partilha, e ajudar e inspirar outras pessoas. Como consequência, despedi-me e, no final de 2016, criei a Carla Costa Consulting uma empresa dedicada à Consultoria de Comunicação, Marketing & Relações Públicas. Desde então, tenho trabalhado com pessoas e projetos criativos e inovadores, apaixonei-me pelo mundo da formação e da Marca Pessoal, criei um projeto que se chama Share Inspiration @ the Table e entrei no mundo do desenvolvimento pessoal através da Programação Neurolinguística. Hoje em dia, posso dizer que me sinto realizada pessoal e profissionalmente, plena, livre e feliz. Esta é a minha definição atual de sucesso.

Que importância tem o Networking na tua vida?

As pessoas são a base da minha vida pessoal e da minha atividade enquanto consultora de comunicação e formadora. O meu negócio não existe apenas porque o criei, mas porque há um universo de pessoas que fazem parte dele de forma ativa. Parceiros, fornecedores, imprensa, clientes, formandos, entre outros. Todas estas pessoas elevam o meu negócio pelo contributo que dão, pelas colaborações que se estabelecem e pelas relações de valor e de confiança que se criam. Acredito que a criação de sinergias win-win, o trabalho em equipa com os clientes e parceiros, e a partilha são o combustível de qualquer projeto. Acredito que a construção de relações de valor é algo poderoso e um dos melhores investimentos que se pode fazer na vida pessoal e profissional. Foi precisamente por acreditar no poder das relações humanas e da partilha que criei o Share Inspiration @ the Table. Um movimento que junta um pequeno grupo de desconhecidos à mesa e que durante algumas horas partilham as histórias, projetos, ideias e emoções. É uma experiência informal e descontraída que promove a conexão. Não há nada, mesmo nada, que substitua o contacto cara a cara e olhos nos olhos. Acredito que as pessoas precisam disso, de sentir a energia que se estabelece quando a partilha é pura e verdadeira. Estes jantares já deram origem a várias parcerias de trabalho e amizades entre os participantes.

Que obstáculos ultrapassaste na tua progressão profissional?

O meu maior desafio aconteceu em 2015, quando tive de liderar a negociação de um grande contrato com uma companhia aérea, que envolvia o treino inicial de 200 pilotos. O contexto geral era de enorme pressão: o volume financeiro deste contrato era bastante avultado, havia vários concorrentes de peso envolvidos no processo de adjudicação, eu tinha assumido a função de Regional Sales Manager há relativamente pouco tempo e, na altura, não tinha chefia direta, ou seja, estava em autogestão. Para aumentar o nível deste desafio, o cliente era muçulmano e a língua oficial era o Francês. Senti muita pressão, pela minha inexperiência na altura, pela falta de apoio interno, por não dominar fluentemente a língua Francesa e, pelo facto de ser líder e a única mulher de uma equipa composta por quatro homens de diferentes nacionalidades. Após um ano de intensas negociações, viagens, horas intermináveis de conference calls em francês, muitos e-mails e revisões de contrato, consegui fechar o contrato que na altura foi o maior fechado até então no âmbito do treino ab-initio. Foi uma prova superada que testou a minha capacidade de resiliência.

Que conselho dás aos jovens de Comunicação?

O meu conselho é válido para todos os jovens. Os vossos valores, as vossas competências sociais e técnicas, a vossa história pessoal e os vossos sonhos, fazem de vocês seres humanos únicos e com muito valor. Descubram aquilo que vos diferencia verdadeiramente, sigam as vossas paixões e aquilo que vos faz vibrar, respeitem as pessoas, percebam o valor da partilha, não tenham medo de sonhar e de se mostrarem ao mundo. A vossa marca pessoal, que no fundo, significa quem vocês são na essência é aquilo que têm de mais poderoso. Percebam como podem aprender, crescer e contribuir para que a vossa Marca tenha um impacto positivo junto da vossa família, dos vossos amigos, das pessoas com quem interagem, da empresa onde trabalham e na sociedade em que estão inseridos.
Não existe ninguém no mundo igual a vocês e esse é o vosso maior superpoder.