De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Desporto

Neto quer seleção dominadora frente à República da Irlanda

O selecionador português de futebol feminino, Francisco Neto, disse este sábado ambicionar Portugal a “dominar e com bola” no segundo jogo particular frente à República da Irlanda, no domingo, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

“Espero um Portugal exatamente, com o mesmo registo que teve no último jogo, um Portugal dominador, com bola e que consiga controlar e dominar o jogo”, disse Francisco Neto após o último treino, que decorreu no Campo do Lajedo, em Ponta Delgada, e que antecede o segundo jogo particular com a República da Irlanda nos Açores.

O selecionador português admitiu, no entanto, que foram cometidos “alguns erros” no primeiro jogo, na quinta-feira, que terminou com o triunfo luso frente às irlandesas, por 1-0, com um golo de Dolores Dilva, de grande penalidade.

“Acima de tudo teremos de melhorar o jogo posicional, cometemos alguns erros na nossa organização defensiva relativamente ao nosso posicionamento, tentámos corrigir e esperamos um Portugal que consiga não cometer os mesmos erros que cometeu independentemente do jogo ter sido bastante positivo”, disse.

Questionado pelos jornalistas, se o ‘onze’ iria sofrer alterações, o treinador da equipa lusa lembrou que este tipo de jogos particulares, de preparação para a qualificação para o Mundial2019, permite “seis substituições” e serve assim para “observar as jogadoras”.

“Vamos ainda refletir, independentemente de fazermos ou não alterações na equipa, possivelmente durante o jogo iremos fazer mais substituições, é normal, há alguma fadiga e o jogo terá outras características e é possível que haja algumas alterações, não muitas. Não é a nossa ideia – nunca foi – alterar muito o que somos “, ressalvou.

O selecionador feminino está a contar que a Irlanda apresente, novamente, um “registo semelhante” ao que aplicou no jogo frente à Holanda, campeã da Europa, reconhecendo que “é um sinal de respeito que as equipas têm quando jogam contra Portugal”.

A capitã Sílvia Rebelo, que no primeiro jogo ficou no banco, partilha da ideia de que a República da Irlanda vai continuar a “apostar no mesmo estilo de jogo” admitindo que será igualmente “difícil”.

“Vai ser novamente um jogo difícil, tal como foi o primeiro, a República da Irlanda é uma seleção bastante forte, mas nós queremos aproveitar este momento para evoluirmos, crescermos e ganharmos confiança para o que nos espera”, assegurou a jogadora do Sporting de Braga.

No derradeiro jogo particular antes da visita à Bélgica, em 06 de abril, de apuramento para o Mundial, Francisco Neto não vai poder contar com Fátima Pinto que pediu para ser dispensada por “motivos pessoais” e que já não se encontra nos Açores.

Portugal joga com a República da Irlanda, no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, no domingo pelas 16:00 locais (17:00 em Lisboa).