De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Colunistas

Mensagem ao Congresso da CCPL

Suas Excias. Senhor(a)es Ministros,

Suas Excias. Senhor(a)es Deputados,

Caros Congressistas,

Caros Convidados,

Senhoras e Senhores,

Queridos amigos,

É com grande tristeza que, após 25 anos, é a primeira vez que estou ausente de um Congresso do CCPL, mas às vezes, as contradições da vida impedem-nos de estar entre os nossos amigos de longa data e aos quais devemos todo o nosso apoio, pois também eles sempre lá estiveram para nos apoiar.

Através desta pequena mensagem, gostaria de expressar o meu total apoio à vossa dedicação para a construção uma sociedade mais justa, onde todos, independentemente da sua origem social ou cultural, possam viver com dignidade e contribuir para o desenvolvimento do país que escolheram para viver.

Ao longo de seus 27 anos de existência, acompanhei de perto, os últimos 25 anos de vida da CCPL, que apesar dos sacrifícios pessoais, me deu grande prazer trocar ideias e desenvolver acções com todos aqueles que comigo militaram ou simplesmente beneficiaram das acções realizadas, sem para tal procurar reconhecimento ou interesses pessoais. Eu cresci e vi o CCPL crescer, por isso é impossível esquecer esta grande organização de um dia para o outro.

Num dos últimos Congressos, pronunciei a seguinte frase. “Mir hunn a Dram” (Eu tenho um sonho) de uma sociedade mais justa e igualitária, mas hoje estou decepcionado, pois apesar de todos os nossos esforços, ainda não alcançámos o nosso objectivo, mas tenho a certeza que os  conselheiros eleitos, irão certamente assumir e prosseguir o caminho traçado por Filipe Faria em 1991.

A CCPL tornou-se um actor incontornável na participação cívica no Luxemburgo, só é pena que por vezes as autoridades andem distraídas e não valorizam as pequenas contribuições de organizações como a CCPL, que continua a ser uma organização aberta e inclusiva, uma organização distante dos “clichês” que tentam colar-lhe, uma organização que, como diz o slogan deste Congresso, nos faz sentir luxemburgueses de alma e coração, mas  com raízes noutro lugar.

Por fim, gostaria de agradecer a todos que contribuíram para o sucesso deste projecto, e mesmo se estou ausente, estou convosco.

Desejo-vos um bom Congresso.

José A. Coimbra de Matos

Diretor cessante

(Este texto é uma mensagem transmitida por Coimbra de Matos ao IX Congresso da CCPL que este domingo teve lugar no Luxemburgo)