De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Lifestyle

Livros de ilustração portugueses premiados na China

Os livros portugueses “O meu avô” e “O homem da mala” estão entre os premiados da primeira edição da Competição Internacional de Livros Ilustrados Little Hakka, na China, foi anunciado esta quinta-feira.

“O meu avô”, de Catarina Sobral, editado pela Orfeu Negro, e “O homem da mala”, com ilustrações de João Vaz de Carvalho e texto de Adélia Carvalho, editado pela espanhola La Fragatina, estão entre os seis “Melhores dos Melhores” na categoria Grupo Profissional, à qual concorreram 180 livros de 26 países, tendo os vencedores sido hoje divulgados pela organização.

Em relação a “O meu avô”, o júri destaca a “sensação de quadro fluido com um sentido perfeito de ‘design’”. “A forte comparação de cores em cada página demonstra dois ritmos de estilo de vida, mostrando o amor profundo da personagem pelo seu avô. Quase conseguimos ver o amor puro e forte a correr para nós”, lê-se no ‘site’.

Já em “O homem da mala”, o júri considera que “João Vaz de Carvalho tem uma síntese hábil de humor e alegria de contar histórias”. “Esta história demonstra uma técnica muito conseguida, qualificada e uma linguagem visual pessoal; a sua linguagem visual é muito próxima do mundo das crianças”, considerou o júri.

A Competição Internacional de Livros Ilustrados Little Hakka foi criada “para encorajar e premiar todas as editoras e autores individuais dedicados à criação de livros ilustrados, e para encontrar força criativa e trabalhos notáveis, tanto na China como no estrangeiro, assim como criar oportunidades de cooperação e intercâmbios internacionais para editoras e ilustradores”.

Nascida em Coimbra, em 1985, Catarina Sobral tem formação em Design e Ilustração e tem sido uma autora que tem ganhado reconhecimento nacional e internacional.

Em 2014, o livro “O meu avô” valeu-lhe um prémio internacional de ilustração, atribuído pela Feira do Livro Infantil de Bolonha (Itália), no valor de 21.000 euros.

Já este ano, em janeiro, venceu o prémio Green Island, de cerca de 1.800 euros, do Nami Concours 2017, o concurso internacional de livro ilustrado da ilha de Nami, na Coreia do Sul, com o livro “A sereia e os gigantes”.

Catarina Sobral é ainda autora de “O chapeleiro e o vento”, “Vazio” e “Tão tão grande”.

Também assinou a ilustração de “A casa que voou”, de Davide Cali, e “Não há dois iguais”, de Javier Sobrino.

João Vaz de Carvalho é um ilustrador e pintor português, nascido no Fundão em 1958, reconhecido internacionalmente, com mais de dez livros infantis publicados, entre os quais “A avô adormecida”, “Era uma vez um cão” e “A vaca que lia livros”, e galardoado com prémios e menções honrosas nacionais e estrangeiros, em países como Espanha, Sérvia, Itália, Bélgica, França e Estados Unidos.