De que está à procura ?

alemanha
Lisboa
Porto
Berlim, Alemanha
Alemanha

Embaixador de Portugal na Alemanha quer melhor atendimento consular

O embaixador de Portugal na Alemanha, João Mira Gomes, deu uma entrevista ao jornal “Portugal Post” (edição de janeiro) onde tece algumas considerações sobre diversos temas de interesse para a comunidade portuguesa, nomeadamente sobre o funcionamento consular de permanências e antenas consular, a situação política alemã atual, o movimento associativo e a ação da embaixada.

No que toca ao atual momento político alemão e a sua repercussão nas relações Portugal-Alemanha o embaixador deixa claro que não há motivos para comunidade portuguesa estar preocupada: “No plano das relações bilaterais, os agentes económicos alemães continuam a desenvolver a sua atividade normal e a investir e a promover negócios nos outros países. A economia alemã vai continuar a crescer.”

O embaixador manifestou a sua vontade na concretização de melhorias no que toca ao funcionamento consular de permanências e antenas consulares de forma a dar resposta às preocupações dos cidadãos relativamente às falhas de equipamento e no que se refere à dignidade dos espaços de atendimento ao público. “Iremos investir na modernização do equipamento [consular] para garantir a fiabilidade do seu funcionamento”, garante.

No que diz respeito ao associativismo, João Mira Gomes refere que na comunidade portuguesa há espaço para todas as associações “tanto para as mais tradicionais como para as que vêm surgindo, quer sejam formais ou informais”, reforçando que a embaixada e os consulados portugueses no país apoiam, dentro do que é possível, o movimento associativo.

De acordo com as autoridades alemães, vivem 136 mil portugueses na Alemanha. O embaixador de Portugal na Alemanha confirma que este é o número mais elevado registado até agora no país, embora as inscrições consulares indiquem um número superior isto porque “algumas inscrições deveriam ter sido anuladas e por haver inscrições repetidas em áreas diferentes.”

João Mira Gomes confere que Hamburgo continua a ser a cidade alemã com mais portugueses, destacando ainda o facto do número de portugueses em Berlim estar a subir: “Em Berlim o número de portugueses deve ter duplicado nos últimos dez anos e são muito à ima- gem desta cidade que é diferente do resto da Alemanha”.

No que toca à participação cívica da comunidade portuguesa na sociedade civil alemã, o embaixador mencionou que gostaria que esta fosse mais ativa: “gostaria que esse número aumentasse e, sobretudo, que crescesse a nossa influência a nível local.”

Sobre o desenvolvimento nas relações económicas entre Portugal e a Alemanha, João Mira Gomes tem uma opinião positiva: “Todos os anos temos exportado mais para a Alemanha e a Alemanha para Portugal, tem aumentado o número de turistas alemães que visitam Portugal e sido significativo o investimento alemão no nosso país.”

O embaixador realça ainda que a Alemanha continua a ser um dos principais parceiros económicos de Portugal: “É o nosso terceiro mercado de destino das exportações portuguesas, o segundo maior exportador para Portugal, o sétimo maior investidor industrial em Portugal”.

João Mira Gomes confirma que a embaixada tem alguma colaboração com as missões católicas assim como a Caritas. “A Embaixada é contactada, diariamente, por portugueses que precisam de apoio. Retomámos o boletim informativo para a comunidade portuguesa, publicado de dois em dois meses, e que foca vários assuntos” de interesse para os portugueses que vivem na Alemanha.

O embaixador de Portugal na Alemanha destaca ainda a importância atividade cultural afirmando que esta também tem sido uma área marcante da sua atividade.

No que diz respeito à hipótese de se avançar com o projeto de criação de um novo edifício para a embaixada de Portugal em Berlim, o embaixador deixou claro que este é um assunto que continua na sua agenda apesar de, para já, não haver financiamentos que permitam concretizar esse objetivo.